O Livro de Jonas e o Yom Kippur

O profeta Jonas é lido nas sinagogas na tarde de Yom Kippur. Talvez a razão mais importante seja que o livro aponta especificamente para o amor de Deus pelas Nações, e para a verdade de que Sua mensagem de arrependimento pelos pecados, expiação e perdão se estende não somente a Israel, mas a todos os filhos de Adão.

Desde o início, uma parte do chamado especial de Israel foi que através dele surgiria uma “Luz para as nações”, e nela “todas as famílias do mundo seriam abençoadas”. O Deus de Israel é também o Deus criador de todas as nações! E é propósito d’Ele que todos os povos alcance a redenção através de Jesus, o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo!

Lendo o profeta podemos entender o quão amoroso e compassivo é Deus. Mesmo uma nação pecaminosa e cheia de maldade, pode ser alcançada pelo seu amor e misericórdia.

Assim como nos dias de Jonas, é propósito do Deus de Israel hoje, compartilhar as boas novas da provisão de Deus através de seu Filho, Jesus Cristo, em todos os cantos da terra.

A Oração de Jonas

Então, de dentro do peixe, Jonas orou ao Senhor, seu Deus, e disse:

Em minha angústia, clamei ao Senhor,
e ele me respondeu.
Gritei da terra dos mortos,
e tu me ouviste.
Nas profundezas do oceano me lançaste,
e afundei até o coração do mar.
As águas me envolveram;
fui encoberto por tuas tempestuosas ondas.
Então eu disse: ‘Tu me expulsaste de tua presença
e, no entanto, olharei de novo para teu santo templo’.

“Afundei debaixo das ondas,
e as águas se fecharam sobre mim;
algas marinhas se enrolaram em minha cabeça.
Afundei até os alicerces dos montes;
fiquei preso na terra,
cujas portas se fecharam para sempre.
Mas tu, ó Senhor, meu Deus,
me resgataste da morte!
Quando minha vida se esvaía,
me lembrei do Senhor,
e minha oração subiu a ti
em teu santo templo.
Os que adoram falsos deuses
dão as costas para as misericórdias de Deus.
Eu, porém, oferecerei sacrifícios a ti com cânticos de gratidão
e cumprirei todos os meus votos,
pois somente do Senhor vem o livramento”.

1Então o Senhor ordenou que o peixe vomitasse Jonas na praia. (Bíblia Sagrada – NVT)