O nome Judá e uma importante descoberta arqueológica

Arqueólogos descobriram em uma pedra maciça elaborada a partir das águas ao largo da costa ao sul de Haifa, o nome de Gargilius Antiques. Antiques era procurador romano no controle da Judeia (Yehuda / Judah) em 131 CE / BC imediatamente antes da revolta de Bar-Kochba contra Roma (132-136). A descoberta é importante em vários níveis. Mas uma das mais fascinantes é que isso marca apenas a segunda vez que uma referência ao nome Judeia (Judá) foi descoberto em qualquer inscrição do período romano. Após o esmagamento da revolta judaica, Roma decidiu abolir a província de Judá. Na verdade, em um movimento para apagar todos os vestígios do próprio nome, ele conectou-o à Síria, criando a província da Síria Palestina. Disto temos o próprio nome de “Palestina” – um nome dado com o propósito de ridicularizar, chamando as terras dadas a Israel pelo nome tirado de seus antigos inimigos, os filisteus.

Como o nome Judeia / Judá deixou de ser usado pouco depois do tempo desta pedra, é duvidoso que qualquer inscrição posterior com esse nome seja encontrada.

FONTE: “Maritime archeologists uncover the name of ancient Judean procurator”: The Jerusalem Post, 11/30/2016).

judah-stone

É bom lembrar que o nome Judá significa “ação de graças e louvor, expressos pelo levantamento das mãos”.