A grandeza e a humildade de Deus: uma combinação perfeita.

Quem é como o Senhor, nosso Deus, que habita nas alturas; que se curva para ver o que está nos céus e na terra; que do pó levanta o pequeno e, do monturo, ergue o necessitado, para o fazer assentar com os príncipes, sim, com os príncipes do seu povo; que faz com que a mulher estéril habite em família e seja alegre mãe de filhos? Louvai ao Senhor!

Existem dois aspectos da natureza de Deus que parecem tão diferentes e, no entanto, estão tão lindamente combinados Nele. O primeiro é Sua grandeza elevada: Ele está sentado no trono muito acima da terra. A outra é Sua terna compaixão e preocupação pelos pobres e necessitados. O mesmo que está sentado no trono levanta os pobres do pó. Ele levanta o necessitado do monte de cinzas. Ele os acomoda com príncipes. E Ele também se preocupa com a mulher estéril. Ele a instala em um lar, uma feliz mãe de filhos.

Muitas vezes pensamos em Deus como uma pessoa severa e incrível. É verdade, Ele é, mas há outro lado de Seu caráter: Ele é tão terno e compassivo, tão generoso. Ele se rebaixa ao mais baixo e ama exaltá-los a uma posição ao lado de Si mesmo.

Portanto, não desanime se você parecer pobre ou insignificante ou se houver uma necessidade profunda em sua vida. Lembre-se da terna misericórdia e compaixão de Deus. Ele é totalmente acessível àqueles que o buscam com todo o coração.

Deus se importa com cada detalhe de sua vida, até mesmo com o quem você irá se encontrar hoje ou o que você irá comer.

Medite nessas verdades pois elas são bálsamo pra nossa alma e refrigério pra nossa mente.

Compartilhando os prazeres de Deus

Como é precioso o teu amor, ó Deus!
Os homens encontram
    refúgio à sombra das tuas asas.
 Eles se banqueteiam na fartura da tua casa;
tu lhes dás de beber do teu rio de delícias.                                                          (Salmos 36:7,8)

Essa, para mim, é a mais bela imagem da bondade de Deus. Antes de tudo, nos voltamos para Ele por nossa necessidade. Nós procuramos por Ele refúgio porque somos oprimidos, porque não podemos lidar com nossos problemas. Nos refugiamos na sombra de Suas asas, mas quando chegamos lá sob a sombra de Suas asas, descobrimos que Ele nos proporcionou muito mais do que mero refúgio. Ele deu um banquete. Ele forneceu abundância. Nós nos banqueteamos com a abundância de Sua casa, e não apenas isso, e Ele nos dá para beber do rio das Suas delícias. Para mim, isso é impressionante! Deus não nos dá para beber de um rio de nossas próprias delícias, mas de Suas delícias. Ele compartilha conosco as coisas que O agradam. 

Veja, há tantas coisas que normalmente temos prazer que são prejudiciais. Por exemplo, adote a prática de fumar. Muitas pessoas sentem grande prazer em fumar, mas infelizmente todos sabemos hoje que é extremamente prejudicial. É uma causa potencial de câncer. A diferença com os prazeres de Deus é que eles nunca são prejudiciais, e Deus quer compartilhar conosco Seus prazeres. Ele quer nos dar a beber do rio dos Seus prazeres, e não apenas eles são agradáveis, mas também benéficos. Eles nunca são prejudiciais.

Dá-me, filho meu, o teu coração, e os teus olhos se agradem dos meus caminhos.” (Provérbios 23:26)

Nuvem de dia, coluna de fogo à noite – A provisão de Deus para o seu povo!

Estamos num dos períodos mais especiais do ano. Pentecostes é uma das celebrações mais importantes para a igreja de Jesus na terra, pois foi durante a festa judaica de pentecostes que o Espírito Santo desceu pra habitar na vida de cada discípulo de Cristo. Aproveito o momento pra compartilhar aqui algo que traduzi do autor britânico Derek Prince.   Feliz Pentecostes e  Boa leitura! 🙂


Estendeu uma nuvem por coberta e um fogo, para os alumiar de noite.” (Salmo 105:39)

O Salmo 105 descreve como o Senhor guiou e protegeu Seu povo, Israel, em sua jornada de quarenta anos pelo deserto do Sinai. Estendeu uma nuvem como uma cobertura durante o dia e durante a noite deu-lhes fogo que proveu ambos, luz e calor.

Durante meu tempo como soldado na Segunda Guerra Mundial, eu fiz viagem de uma semana através desse deserto do Sinai, e lá aprendi algo, que me permitiu entender as maravilhas da provisão de Deus. Durante o dia, o deserto é muito quente, mas à noite ele se torna terrivelmente frio e eu vi como maravilhosamente Deus providenciou. Durante o dia, aquela nuvem era um escudo que os protegia do calor dos raios solares, mas à noite tornava-se um fogo que lhes dava tanto luz quanto o calor necessário. E foi assim que Deus guiou Seu povo durante quarenta anos pelo deserto.

Pelo Novo Testamento entendemos que a nuvem que se tornou um fogo durante a noite é para nós um tipo, ou uma prefiguração do Espírito Santo e que Deus agora orienta o seu povo de forma semelhante neste mundo através do Espírito Santo – e com o Espírito Santo é o mesmo. Em tempos de calor, Ele é uma nuvem que nos cobre e nos protege; e em tempos de trevas, Ele é um fogo que nos dá luz; e quando está frio em torno de nós, Ele nos dá calor sobrenatural. Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus. (Rom. 8:14).    Essa é a provisão de Deus para o Seu povo hoje.

-Derek Prince-

Apenas uma neblina…

P1070203

“Eia agora, vós que dizeis: Hoje ou amanhã iremos a tal cidade, lá passaremos um ano, negociaremos e ganharemos. No entanto, não sabeis o que sucederá amanhã. Que é a vossa vida? Sois um vapor que aparece por um pouco, e logo se desvanece.” (Tiago 4:13,14)

Sabia que muitas pessoas falam assim? Elas planejam tão confiantes para este ano ou os próximos anos… onde farão negócios, ou investirão o seu dinheiro, onde elas vão passar suas férias, por quanto tempo vão passar aqui e ali… e muitas vezes eles estão planejando para muitos anos pela frente para sua aposentadoria e onde vai gastar a sua aposentadoria. Mas elas não levam em conta o fato de que não podem controlar o seu futuro.

Tiago nos relembra que somos apenas um vapor que aparece por um pouco, e depois se desvanece. Quão tolo pra uma neblina  fazer planos assim! Entretanto, qual é a solução? Ele continua “Em vez disso, devíeis dizer: Se for a vontade do Senhor, não só viveremos, como também e faremos isto ou aquilo.”

A neblina não tem o controle de onde vai. Se o sol se levanta, logo ela se dissipa. Se o vento sopra, ela é levada. Como você pode ver, somos  totalmente dependente de Deus em cada respiração  que respiramos, e em cada passo que damos.

Não seja tão tolo, ao ponto de planejar sua vida sem Deus.  Apenas se humilhe por um momento e reconheça o que você é. Você é apenas uma névoa, pendurada por alguns breves momentos no vapor…

Tome Deus em conta. Faça seus planos tendo Deus em mente, e Deus vai fazer com que seus planos se concretizem e prosperem.

Derek Prince

(Traduzido e adaptado por mim)