Quando você entender em termos médicos, você valorizará o sacrifício, o sofrimento e a morte de Cristo

Mary's Blog

 

Quando você entender em termos médicos, você valorizará o sacrifício, o sofrimento e a morte de Cristo.
(Por Paul Strand)

Todos os cristãos sabem que Cristo morreu por eles na cruz. Mas um médico aqui em Indianápolis que estudou a crucificação por uma década diz que até você entender o que Jesus passou em termos médicos, é difícil valorizar plenamente o quanto Ele sofreu para pagar pelos pecados da humanidade.
“Era a pior forma de morte imaginável,” disse Joseph Bergeron, autor do livro A Crucificação de Jesus. “E os romanos a usavam há três séculos na época em que Jesus apareceu, então estava bem aperfeiçoada.”

Médico descarta sufocação
Bergeron disse ao noticiário da Rede de Televisão Cristã dos EUA: “Na maioria das vezes na Páscoa ouvimos pregações sobre como Jesus sufocou enquanto estava na cruz.”
No entanto, o médico diz que o sufocamento não combina com os relatos dos…

Ver o post original 895 mais palavras

Um coração sem divisão (Por Greta Mavro)

“Indo eles de caminho, entrou Jesus num povoado. E certa mulher, chamada Marta, hospedou-o na sua casa. Tinha ela uma irmã, chamada Maria, e esta quedava-se assentada aos pés do Senhor a ouvir-lhe os ensinamentos. Marta agitava-se de um lado para outro (orig: arrastada), ocupada em muitos serviços. Então, se aproximou de Jesus e disse: Senhor, não te importas de que minha irmã tenha deixado que eu fique a servir sozinha? Ordena-lhe, pois, que venha ajudar-me. Respondeu-lhe o Senhor: Marta! Marta! Andas inquieta e te preocupas (merimnao) com muitas coisas. Entretanto, pouco é necessário ou mesmo uma só coisa; Maria, pois, escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada.” Lucas 10.38-42

Aqui vemos a figura de um coração dividido (Marta) e de um coração sem divisão (Maria). Muitas pessoas no corpo de Cristo são como Marta, interiormente dividida e exteriormente arrastada por muita atividade, pensando que essa ocupação é agradável ao Senhor, convencida de que outras pessoas que estão esperando aos pés do Senhor são simplesmente preguiçosas ou indispostas a acompanhar os mais ocupados. Este não é um fenômeno novo.

Quando Moisés, em obediência à palavra do Senhor, declara a Faraó: “Deixa ir o meu povo, para que me sirva”, o faraó se recusa, dizendo que o povo é preguiçoso (ocioso; Heb) e, por esse motivo, queria deixar seu trabalho para sacrificar ao Senhor. O Senhor desejava transformar seu povo de trabalhadores/escravos para se tornarem adoradores/sacerdotes. O faraó (que prefigurava Satanás) tentou convencer o povo de Deus de que era preguiça “simplesmente” adorar o Senhor, em vez de se ocupar com algo “mais construtivo”, como construir grandes edifícios através do seu suor.

Satanás sempre tentará convencer o povo de Deus de que adorar ao Senhor é vaidade ou preguiça e que há coisas mais importantes e necessárias a fazer, mesmo no avanço do Reino de Deus. Mas o Senhor ordenou a Moisés e ao povo que deixassem o Egito (o mundo), para irem fazer um banquete a ele na montanha. O faraó disse: “Agrave-se o serviço sobre esses homens, para que nele se apliquem e não deem ouvidos a palavras mentirosas”. Moisés tinha ouvido a palavra do Senhor enquanto ele estava na parte mais remota do deserto, mas agora o inimigo coloca mais trabalho no ombro do povo para convencê-lo de que é tolice dar atenção às palavras do Senhor (Êx 5.1-9).

Porém, Maria sentou-se aos pés do Senhor com um coração sem divisões ou distrações e prestou atenção à sua palavra. Marta SERVIU, mas Maria OUVIU. Marta estava sendo arrastada por toda parte servindo (e reclamando), mas Maria sentou-se e prestou atenção e, quando ela o fez, ela de fato ouviu Deus! A maioria dos crentes não se senta nem dá atenção por tempo suficiente para realmente escutar a palavra do Senhor. Eles estão muito distraídos e divididos no coração. “Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus” (Mt 4.4).

Maria aprendeu que sua verdadeira vida consistia em ouvir a palavra da boca do Senhor que fluía da abundância do seu coração e não em alimentar-se do pão que perece. O alimento dela era ouvir essa palavra e cumpri-la. Jesus sabe que nossa primeira necessidade real é sentar-se aos seus pés para ouvir sua palavra. A partir disso, em tudo o que ele nos leva a fazer, nosso serviço a ele alcançará a perfeição de Maria, que mais tarde derramou sobre os pés de Jesus o unguento que ainda enche o mundo com a fragrância do amor do Calvário.

Quando Judas reclamou que o ato de Maria era um desperdício, Jesus o instruiu a não incomodá-la porque ela o havia feito em preparação para o seu sepultamento. Maria estava em perfeita harmonia com o coração, a vontade e o tempo de Deus, a tal ponto que, tendo ouvido em seu coração que ele morreria pelo mundo, estava preparada para ser a pessoa que ungiria o corpo dele para o sepultamento. Será que estamos sentados aos pés de Jesus, prestando atenção o tempo suficiente para escutar uma palavra atual capaz de preparar a nós e aos outros para os próximos dias, e até mesmo para a vinda do Senhor?

O verdadeiro amor divino nunca consegue fluir a partir de um coração dividido e distraído que dispense apenas uma parte ao Senhor e aos outros. O verdadeiro amor divino só consegue fluir de um coração inteiro e curado que não conhece medidas nem mínimos, mas derrama tudo que possui extravagantemente ao Senhor. Por sua própria natureza, o amor perfeito de Deus nunca consegue fluir quando só possui uma parte do coração.

“Porque, em parte, conhecemos e, em parte (outra raiz da palavra é preocupação/dividido), profetizamos. Quando, porém, vier o que é perfeito (finalizado; completo; maduro; o próprio Cristo), então, o que é em parte será aniquilado” (1 Co 13.9,10).

“Porque, agora, vemos como em espelho, obscuramente; então, veremos face a face. Agora, conheço em parte; então, conhecerei como também sou conhecido” (1 Co 13.12).

Quando nossos corações abandonarem toda a divisão interior, quando realmente desejarmos e estivermos dispostos a andar em toda a nossa herança, quando tivermos de fato o novo coração, completamente restaurado e inteiro, o coração de Cristo, então não o veremos mais obscuramente, mas face a face. Conheceremos assim como somos conhecidos e conheceremos um ao outro segundo o Espírito/coração de Deus e não por meio de nosso velho, ferido e despedaçado “eu”.

Portanto, prossigamos até a perfeição, tomando posse da esperança que nos foi proposta.

Relembrando “a noite dos vidros quebrados”

Oitenta anos atrás um acontecimento trágico marcou a vida de muitos judeus que viviam na Alemanha. Estou postando algo que compartilhei aqui há quatro anos, quando participamos de uma marcha silenciosa feita por alguns moradores da cidade de Muellheim, na Alemanha.

********************

Ontem, dia 09 de novembro, fomos até a cidade de Muellheim participar de uma marcha silenciosa, relembrando esse triste acontecimento ocorrido a 76 anos atrás. Finalizamos a marcha no local onde no passado havia uma Sinagoga. Lá os líderes da marcha haviam colocado peças de roupas sobre uma mesa, e em cada peça estava escrito nomes de antigos moradores da cidade, ou seja, judeus-homens e mulheres que foram levados aos campos de concentração para morrer. Cada participante da marcha pode escolher um peça de roupa. Em seguida, fizemos a leitura dos nomes junto com a data de nascimento e deportação. As roupas foram penduras num varal que havia sido preparado pra ocasião. 

Eu e meu esposo encontramos nossa amiga Rose, que é moradora de Muellheim. Ela é esta elegante senhora na foto comigo.

Concluo este post com uma pequena descrição dos acontecimentos daquela noite, que traduzi de um site de notícias australiano:

“Na noite de 9 de Novembro de 1938, os sons de vidros sendo quebrados abalou o ar nas cidades por toda a Alemanha, enquanto incêndios em todo o país consumia sinagogas e instituições judaicas. Ao final do tumulto, gangues de tropas de assalto nazistas haviam destruído 7000 empresas judaicas, incendiado cerca de 1400 sinagogas, matado 91 judeus e deportado cerca de 30.000 homens judeus para campos de concentração “. Esta foi a Kristallnacht ou a Noite dos Vidros Quebrados. Que foi também uma noite de terror, de morte e de destruição… quando os judeus foram despojados de sua dignidade, a sua segurança, de seus direitos humanos e seus meios de subsistência “. (“Kristallnacht’s Aboriginal hero”: The Australian Jewish News, p.12; 8 November 2013.).

Publicado em Sem categoria

Donald Trump’s Connection to the Hebrides Revival

National Day of Prayer of Wyoming and the Mountain States

WOW—

Donald Trump’s connection to the Hebrides Revival
(Hebrides islands are by Scotland)

In the late 1940’s a small cottage In Scotland on the Island of Lewis by in the village of Barvas lived two elderly women, Peggy and Christine Smith. They were eighty-four and eighty-two years old. Peggy was blind and her sister almost bent double with arthritis. Unable to attend public worship, their humble cottage became a sanctuary where they met with God. To them came the promise: “I will pour water upon him that is thirsty and floods upon the dry ground,” they pleaded this day and night in prayer. One night Peggy had a revelation, revival was coming and the church of her fathers would be crowded again with young people!

She sent for the minister, the Rev. James Murray MacKay, and told him what God had shown her, asking him to call his elders and…

Ver o post original 1.050 mais palavras

Publicado em Sem categoria

SLAUGHTER IN PARIS: ISIS claims responsibility for deadliest terror attacks in Europe since 2004. French President vows “pitiless” revenge against Islamic State. Yet Obama says ISIS has been “contained.”

Um excelente artigo sobre os ataques que aconteceram em Paris noite passada…

Joel C. Rosenberg's Blog

France-ISISattacks-Nov2015On Friday morning, President Obama told ABC’s “Good Morning America” that the apocalyptic terror movement known as the Islamic State finally had been “contained.”

“I don’t think they’re gaining strength,” the President told George Stephanopolous. “What is true is that from the start, our goal has been first to contain and we have contained them. They have not gained ground in Iraq, and in Syria they’ll come in, they’ll leave, but you don’t see this systemic march by ISIL across the terrain.”

By Friday night, however, ISIS had launched a savage and deadly series of coordinated attacks throughout Paris. One day earlier, ISIS launched two suicide bombing attacks in Beirut. Just days before that, ISIS claimed to have blown a Russian civilian jetliner over Egypt. In each case, Islamic State leaders said they were attacking nations engaged in fighting against them in Syria and Iraq.

This raises the question of whether ISIS is planning…

Ver o post original 846 mais palavras

Publicado em Sem categoria

BREAKING: Egypt’s President el-Sisi orders military strikes after ISIS beheads 21 Egyptian Christians. Details & analysis.

Excelente artigo (em Inglês) do autor Joel Rosenberg, sobre os 21 cristãos egípcios decapitados ontem na Líbia, e como orarmos pela situação no Oriente Médio.

Joel C. Rosenberg's Blog

ISIS jihadists prepare to behead 21 Egyptian Christians in Libya. (source: screen capture from new ISIS video) ISIS jihadists prepare to behead 21 Egyptian Christians in Libya. (source: screen capture from new ISIS video)

UPDATED: Much of the West remains asleep or lethargic concerning the threat posed by the Islamic State, even as the movement’s gruesome killing spree continues unabated.

The latest: an Islamic State affiliate has beheaded 21 Egyptian Coptic Christians who were working in Libya, according to a new ISIS video released on Sunday. “In the video, militants in black marched the captives, dressed in orange jump suits, to a beach the group said was near Tripoli,” reported Reuters. “They were forced down onto their knees, then beheaded.”

“The people of the cross, followers of the hostile Egyptian church,” read a caption on the five minute video, Reuters noted.

President Obama spent eight hours golfingon Sunday.

But Egyptian President Abdel Fattah el-Sisi vowed to “avenge” the “criminal killings.” He immediately ordered the Egyptian air force to…

Ver o post original 782 mais palavras

Publicado em Sem categoria

Recuperando a Doutrina da Vingança de Deus – @DaltonThomas

Excelente artigo que fala de um tema bíblico pouco mencionado em nossos dias.

victor vieira blog

Captura de Tela 2015-01-14 às 15.26.46

“O Dia da Vingança estava em Meu coração…” Isaías 63.4

O dia 10 de Junho de 2014 foi um dos dias mais pesarosos da minha curta vida. Foi o dia em que a cidade de Mosul caiu sob o poderio do Estado Islâmico (ISIS).

Lembro-me de estar sentado em meu sofá, em minha sala de estar, assistindo aos vídeos e fotos mais pavorosos que já vi aparecerem em uma enxurrada de hashtags nas mídias sociais. Execuções em massa eram postadas no Twitter. Gargantas eram cortadas no Youtube. Covas eras cheias de corpos sem vida e eram postadas nos Instagram. Sem censura. Friamente. Sem parar. Ao redor de todo o mundo, pessoas como eu sentaram em seus sofás e assistiram os soldados bárbaros do Estado Islâmico cometerem os maiores crimes de guerra da história moderna. Enquanto regimes assassinos do passado tentaram de todas as formas apagar suas atrocidades…

Ver o post original 2.279 mais palavras

Publicado em Sem categoria

Quero Ver, Quero Ouvir – Youtube Audio

Compartilho aqui essa canção do irmão Victor Vieira, vale a pena ouvir!!

victor vieira blog

Estou concluindo um ciclo na minha vida, onde um novo disco chega e o anterior fica para trás. Não é nada difícil, complicado, é apenas um novo momento, e estou muito empolgado para ver o que me aguarda quando o disco novo sair!

Por conta deste momento, estou disponibilizando os audios de “Uns Aos Outros” em ~ Video Audio ~ no Youtube, no nosso canal de filmes.

Ajude a espalhar a mensagem, compartilhando e mostrando aos amiguinhos.

Sobre Quero Ver, Quero Ouvir:

Esta é uma musica que eu gosto muito, tenho alegria em toca-la, e é sempre muito legal. A letra dela é um desejo que tenho, de saber o que impressiona os anjos, o que os fascina, o que os fazem cantar a mesma musica por toda a eternidade. Eu quero ver isso, eu quero ouvir isto!

Lembro que quando fiz esta musica, juntei alguns amigos na sala e…

Ver o post original 46 mais palavras