SIMCHAT TORÁ: “A alegria da lei do SENHOR”

Simchat Torá é o dia feliz em que se conclui as leituras semanais ao longo do ano através dos cinco livros de Moisés. Ela começa em Israel, na noite anterior ao oitavo dia de Sucot, o último dia que, como o primeiro, deve ser observado como um dia de descanso, um “Shabat” (Levítico: 23: 34-36; 39). Fora de Israel Simchat Torá é celebrada no nono dia seguinte (que começa na noite do oitavo). Há grande alegria nas sinagogas e nas congregações messiânicas durante esta festa, com músicas, proclamações, e danças com os rolos da Torá, que foram retirados de suas “arcas”.

Para esta leitura final da Torah, são lidos os dois últimos capítulos de Deuteronômio. Em seguida, o rolo é revertido para o início do livro de Bereshit (Genesis) “No Princípio” -e com a leitura do capítulo um e os três primeiros versículos do capítulo dois de Gênesis, o ciclo começa de novo! Por fim, o Haftarah fechando carrega a história depois da morte de Moisés até o primeiro capítulo do livro de Josué. Uma nova geração de israelitas está prestes a entrar na Terra e seu líder é cobrado pelo SENHOR:

“Somente seja forte e muito corajoso! Tenha o cuidado de obedecer a toda a lei que o meu servo Moisés lhe ordenou; não se desvie dela, nem para a direita nem para a esquerda, para que você seja bem-sucedido por onde quer que andar. Não deixe de falar as palavras deste Livro da Lei e de meditar nelas de dia e de noite, para que você cumpra fielmente tudo o que nele está escrito. Só então os seus caminhos prosperarão e você será bem-sucedido. Não fui eu que lhe ordenei? Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar”. (Josué 1:7-9)


A palavra “Torá” significa uma “direção” ou “ensino” (Concordância de Young). Muitas direções divinas e ensinamentos foram liberados pelos hebreus como os “oráculos de Deus” (Romanos 3: 2), e seu amor e atenção a eles é refletida nos Salmos: “Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios mas tem o seu prazer na Torá de YHWH-o Senhor “(Salmo 1, 1-2); “A Torá de YHWH é perfeita, e refrigera a alma” (Salmo 13: 7); . “A boca do justo fala a sabedoria, e seus língua fala de justiça da Torá do seu Deus está em seu coração; os seus passos não vacilarão” (Salmo 37: 30-31). Só no Salmo 119, a Torá, Lei do SENHOR é mencionada pelo menos 25 vezes!