Festa dos Tabernáculos – lembrando o passado e mirando o futuro

Sábado, dia 03 de outubro, teve início a festa dos Tabernáculos, ou Cabanas, como é mencionado nas Sagradas Escrituras (Lev.23:33-44)

A festa de Sucot/Tabernáculos é, antes de tudo, uma lembrança da maneira como Deus cuidou dos filhos de Israel, quando eles peregrinaram do Egito para a Terra Prometida. Embora eles não tivessem casas permanentes, foram guardados e protegidos por Deus. O Senhor proveu pra eles a cobertura, o alimento diário e tudo o que precisavam durante os 40 anos.

Sucot é também um lembrete de que Deus desceu para habitar entre o seu povo, sendo que a glória Shekinah, era um símbolo visível da sua presença, que enchia o tabernáculo durante a jornada.

Portanto Tabernáculos é tempo de alegria e ação de graças ao Senhor por Sua provisão e sustento, somos lembrados que de fato ainda estamos em habitações temporárias-que, como diz uma velha canção americana, “este mundo não é meu lar, estou apenas de passagem por aqui”. Somos peregrinos aqui na terra. Nossa vida é uma passagem. Essa vida aqui não é a vida real!

Que possamos nestes dias refletir sobre a transitoriedade de nossas vidas, bem como nos alegrarmos ao contemplarmos o dia em que o Tabernáculo de Deus estará novamente no meio dos homens.

E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles e será o seu Deus. E Deus limpará de seus olhos toda lágrima, e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor, porque as primeiras coisas são passadas.

(Apocalipse 21:3,4)

Sukkoth in Kfar Etzyon, Gush Etzyon, Israel.סוכות בכפר עציון, גוש עציון, ישראל