O Livro de Rute e Shavuot

Pentecoste- Shavuot está acontecendo nestes dias! Portanto, desejo a todos um Feliz Pentecostes! Que este seja um tempo não só de refletirmos sobre aquilo que Deus fez no passado, como também receber aquilo que Ele está fazendo nestes dias.

Shavuôt, também conhecido como a festa das Colheitas, é uma das festas bíblicas, a qual é mencionada no livro de Levítico, capítulo 23, versos 15 a 21. Aliás, a leitura de textos bíblicos faz parte da celebração de Shavuôt.

Portanto, deixo aqui uma porção do livro de Rute, o qual está sendo lido nestes dias em todas as Sinagogas, tanto em Israel como nas nações. Uma tradição que tem sido observada por muitas gerações.

RUTE 1 (NVT)

Nos dias em que os juízes governavam Israel, houve grande fome na terra. Por isso, um homem deixou seu lar, em Belém de Judá, e foi morar na terra de Moabe, levando consigo esposa e dois filhos. 2 O homem se chamava Elimeleque, e a esposa, Noemi. Os filhos se chamavam Malom e Quiliom. Eram efrateus de Belém de Judá. Quando chegaram a Moabe, estabeleceram-se ali.

3 Elimeleque morreu, e Noemi ficou com os dois filhos. 4 Eles se casaram com mulheres moabitas, que se chamavam Rute e Orfa. Cerca de dez anos depois, 5 Malom e Quiliom também morreram. Noemi ficou sozinha, sem os dois filhos e sem o marido.
Noemi e Rute se mudam para Belém

6 Noemi soube em Moabe que o Senhor havia abençoado seu povo, dando-lhe boas colheitas. Então Noemi e suas noras se prepararam para deixar Moabe. 7 Ela partiu com suas noras do lugar onde havia morado e seguiram para a terra de Judá.

8 A certa altura, porém, Noemi disse às noras: “Voltem para a casa de suas mães! Que o Senhor as recompense pelo amor que demonstraram por seus maridos e por mim. 9 Que o Senhor as abençoe com a segurança de um novo casamento”. Então deu-lhes um beijo de despedida, e as três começaram a chorar em alta voz.

10 “Não!”, disseram elas. “Queremos ir com você para o seu povo!”

11 Noemi, porém, respondeu: “Voltem, minhas filhas. Por que vocês viriam comigo? Acaso eu ainda poderia dar à luz outros filhos que cresceriam e se tornariam seus maridos? 12 Não, minhas filhas, voltem, pois sou velha demais para me casar outra vez. E, mesmo que fosse possível eu me casar esta noite e ter filhos, o que aconteceria então? 13 Vocês esperariam que eles crescessem, deixando assim de se casarem com outro homem? Claro que não, minhas filhas! Esta situação é muito mais amarga para mim do que para vocês, pois o próprio Senhor está contra mim”.

14 Então choraram juntas mais uma vez. Orfa se despediu de sua sogra com um beijo, mas Rute se apegou firmemente a Noemi. 15 “Olhe, sua cunhada voltou para o povo e para os deuses dela”, disse Noemi a Rute. “Você deveria fazer o mesmo!”

16 Rute respondeu: “Não insista comigo para deixá-la e voltar. Aonde você for, irei; onde você viver, lá viverei. Seu povo será o meu povo, e seu Deus, o meu Deus. 17 Onde você morrer, ali morrerei e serei sepultada. Que o Senhor me castigue severamente se eu permitir que qualquer coisa, a não ser a morte, nos separe!”. 18 Quando Noemi viu que Rute estava decidida a ir com ela, não insistiu mais.

Clique aqui, pra continuar a leitura:

https://www.biblegateway.com/passage/?search=Rute%201&version=NVT

Noemi e Rute

Aliá em tempos de Covid-19

Aliyah: Surpreendentemente, centenas de judeus emigraram para Israel, embora precisassem ir imediatamente dos aviões para a quarentena de 14 dias, incluindo 900 desde o início de março! Uma coisa boa a sair dessa situação do CV-19 é que milhares de israelenses fora das fronteiras de Israel chegaram em casa. Alguns estavam fora por causa das férias ou do tradicional “vamos explorar o mundo” após o serviço das FDI, e outros optaram por morar fora de Israel – mas agora muitos desejam voltar. Aleluia!

O retorno dos judeus continua. Seja sob ameaça de terrorismo, Covid-19 ou abalos econômicos – o povo judeu está voltando para casa. Ontem, 119 etíopes chegaram para se juntar a famílias e amigos já aqui. E a Irmandade Internacional de Cristãos e Judeus – um dos principais facilitadores da aliá – acabou de relatar um aumento de 20% nos pedidos desde a crise do vírus.

  • Pai, nós abençoamos esses novos olim (imigrantes) da Etiópia e pedimos que o Senhor derrame Sua graça pra ajudá-los a se adaptarem levando-os a uma vida plena aqui em casa. (Is. 37:31)
  • Obrigado pela nova ministra de Aliá & absorção de Imigrantes, Pnina Tamano-Shata, a primeira ministra etíope em Israel, e uma mulher que veio pra Israel quando tinha três anos de idade. (Nm. 6:24-26).
  • Que alegria e resposta de oração ouvir sobre o seu coração pelos novos imigrantes (Zc. 8:2-7)
  • Te agradecemos por prepará-la pra um tempo como este. (Et. 4:13,14)
  • Conceda a ela sabedoria pra ajudá-los a se ajustarem com sucesso à vida em Israel. (2 Cr. 2:10).
  • Ajude-a a construir uma excelente relação de trabalho entre ela e o ministro do Interior, a Agência judaica, e todos judeus e grupos cristãos que estão trabalhando na área da Aliá. (Isa. 49:22-23).
  • Fale com Israelenses que vivem fora da terra que agora é hora de retornar (Zc.10:8).
  •   Obrigado pelos relatos das dezenas de milhares de judeus que estão ansiosos e se preparando para retornar quando as viagens internacionais forem restabelecidas (Isa. 60: 8-9).

Está chegando o dia…

 Alegrem-se os céus, e regozije-se a terra: brame o mar e a sua plenitude. 12 Alegre-se o campo com tudo o que nele; então, se regozijarão todas as árvores do bosque, 13 ante a face do Senhor, porque vem, porque vem a julgar a terra; julgará o mundo com justiça e os povos, com a sua verdade.” (Salmo 96:11-13 ARC).

O Salmista apresenta aqui uma linda descrição de toda a natureza ao nosso redor esperando pela clímax glorioso que está por vir, a volta do SENHOR com poder e glória pra julgar e reinar. O Salmista fala dos céus, do mar, dos campos e das árvores. Todos eles estão esperando; todos anelam responder em louvor e expressão de alegria no retorno do Senhor. E quanto a nós? Será que estamos prontos como está a natureza pra este grande clímax?

Nossa Esperança é Sua vinda!

Pois sabemos que toda a criação vem gemendo e sofrendo dores até agora, como uma mulher que está prestes a ter um filho.” (Rm. 8:22)

Toda criação está na ponta dos pés, em expectativa pelo grande e glorioso dia, do retorno majestoso do Senhor Jesus Cristo, como nos mostra o Apóstolo Paulo em sua carta aos Romanos. Que Deus conceda que você e eu, que afirmamos ser crentes, estejamos tão empolgados e expectantes assim como as árvores, os mares, os céus… enfim toda a natureza criada. Que estejamos tão prontos quanto eles.

MARANATA! Ora Vem Senhor Jesus!!

Homenagem aos meus sogros que completaram 60 anos de casados nesta semana :-)

Ontem, dia 14 de maio, comemoramos o aniversário de casamento de meus sogros, Willi e Ilse Kern. Eles que ao longo desse tempo geraram 8 filhos, 12 netos e 7 bisnetos. Ao segundo filho deram o nome de Martin, e foi com ele que me casei em 2003.

Um casal que aprendi a amar desde a primeira vez que encontrei, quando fui visitá-los em 2001.

Os dois nasceram no ano de 1936, ele em janeiro e ela em fevereiro. Ambos são do estado de Bayern, que fica no sudeste da Alemanha.

O que me surpreende é que eles viveram esses 60 anos na mesma casa, no mesmo vilarejo, num lugar chamado Altenschoenbach. E o lugar mais distante pra onde viajaram foi a Alemanha Oriental.

Com minha sogra aprendi a gostar de sopa de batata com Zwetschgenkuchen (Bolo de ameixa), algo bem típico da região onde moram.

Alguns anos atrás eles colherem essas batatas em formato de coração. A foto foi postada no jornal local e agora compartilho aqui com vocês.

Oro pra que Deus abençoe eles com saúde e sabedoria; e que possam completar os seus dias com alegria e fé em Cristo Jesus!

… e a glória dos filhos são os pais.

(Provérbios 17:6b)

Proclamações sobre o Sangue de Jesus

Meu corpo é um templo do Espírito Santo, redimido, lavado e santificado pelo sangue de Jesus. Meus membros – as partes do meu corpo – são instrumentos de retidão, apresentados a Deus para o seu serviço e sua glória. O inimigo não tem lugar em mim, não tem poder sobre mim e nem afirmações não estabelecidas contra mim. Tudo já foi estabelecido por meio do sangue de Jesus.

Eu venço Satanás pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do meu testemunho. Meu corpo é para o Senhor e o Senhor é para o meu corpo.

Pelo sangue de Cristo ando na luz e mantenho comunhão com outros irmãos.

Através deste sangue precioso recebo perdão de meus pecados, por mim confessados e abandonados.

(De acordo com a Palavra de Deus em Coríntios 6:19; Efésios 1:7; 1. João 1:7; Hebreus 13:12; Romanos 6:13; 3:23-25; 8:33-34; Apocalipse 12:11)

Por meio do sacrifício de Jesus na cruz, eu deixei de estar debaixo de maldição para entrar na benção de Abraão, a quem Deus abençoou em todas as coisas. (Gálatas 3:13:14)

Proclame Também:

Pelo sangue de Jesus, eu sou redimido das mãos do diabo. (Ef. 1:7)

Enquanto ando na luz, o sangue de Jesus me purifica agora e continuamente de todo pecado. (1. Jo. 1:7)

Pelo sangue de Jesus, sou justificado, sem culpa, como se nunca tivesse pecado. (Rom. 5:9)

Pelo sangue de Jesus, sou santificado, separado do pecado, separado para Deus, feito santo com a santidade de Deus. (Hb. 13:12)

Obrigado Senhor, quanto eu recebo seu sangue, nele eu recebo sua vida, a vida de Deus – Vida divina e eterna. (Levitico 17:11)

Obrigado Senhor, mesmo quanto eu não consigo orar, o sangue de Jesus clama por mim nos céus. (Hebreus 12:22-24)

“Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos vossos pais, mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado…” (1 Pedro 1:18,19)

Converter é voltar pra casa!

Converte-nos para ti, SENHOR,
    para que voltemos (pra casa)
renova os nossos dias como os de antigamente
… (Lam. 5:21)

A parábola do filho perdido

11 Jesus continuou: “Um homem tinha dois filhos. 12 O filho mais jovem disse ao pai: ‘Quero a minha parte da herança’, e o pai dividiu seus bens entre os filhos.

13 “Alguns dias depois, o filho mais jovem arrumou suas coisas e se mudou para uma terra distante, onde desperdiçou tudo que tinha por viver de forma desregrada. 14 Quando seu dinheiro acabou, uma grande fome se espalhou pela terra, e ele começou a passar necessidade. 15 Convenceu um fazendeiro da região a empregá-lo, e esse homem o mandou a seus campos para cuidar dos porcos. 16 Embora quisesse saciar a fome com as vagens dadas aos porcos, ninguém lhe dava coisa alguma.

17 “Quando finalmente caiu em si, disse: ‘Até os empregados de meu pai têm comida de sobra, e eu estou aqui, morrendo de fome. 18 Vou retornar à casa de meu pai e dizer: Pai, pequei contra o céu e contra o senhor, 19 e não sou mais digno de ser chamado seu filho. Por favor, trate-me como seu empregado’.

20 “Então voltou para a casa de seu pai. Quando ele ainda estava longe, seu pai o viu. Cheio de compaixão, correu para o filho, o abraçou e o beijou. 21 O filho disse: ‘Pai, pequei contra o céu e contra o senhor, e não sou mais digno de ser chamado seu filho’.[b]

22 “O pai, no entanto, disse aos servos: ‘Depressa! Tragam a melhor roupa da casa e vistam nele. Coloquem-lhe um anel no dedo e sandálias nos pés. 23 Matem o novilho gordo. Faremos um banquete e celebraremos, 24 pois este meu filho estava morto e voltou à vida. Estava perdido e foi achado!’. E começaram a festejar.

25 “Enquanto isso, o filho mais velho trabalhava no campo. Na volta para casa, ouviu música e dança, 26 e perguntou a um dos servos o que estava acontecendo. 27 O servo respondeu: ‘Seu irmão voltou, e seu pai matou o novilho gordo, pois ele voltou são e salvo!’.

28 “O irmão mais velho se irou e não quis entrar. O pai saiu e insistiu com o filho, 29 mas ele respondeu: ‘Todos esses anos, tenho trabalhado como um escravo para o senhor e nunca me recusei a obedecer às suas ordens. E o senhor nunca me deu nem mesmo um cabrito para eu festejar com meus amigos. 30 Mas, quando esse seu filho volta, depois de desperdiçar o seu dinheiro com prostitutas, o senhor comemora matando o novilho!’.

31 “O pai lhe respondeu: ‘Meu filho, você está sempre comigo, e tudo que eu tenho é seu. 32 Mas tínhamos de comemorar este dia feliz, pois seu irmão estava morto e voltou à vida. Estava perdido e foi achado!’”.

(Lucas 15:11-32 NVT)

Magda Grace

Magda Grace, uma romena de 89 anos que sobreviveu ao Holocausto, foi encontrada morta em seu apartamento em Beer Sheva, Sul de Israel.

Magda Grace não tinha filhos ou parentes. Sua amada mãe também,
com quem ela veio pra Israel morreu há muito tempo. Ela trabalhou como patologista no Hospital Soroka em Beer Sheva e ensinou na escola de medicina da Universidade Ben Gurion.

Desde a aposentadoria, Magda vivia em uma casa na qual a maioria dos moradores também são idosos solitários. Apenas algumas pessoas estavam em contato constante com ela. Um deles não conseguiu alcançar a mulher mais velha por telefone e foi para o apartamento dela. Lá, ele sentiu um cheiro terrível e chamou a polícia e os médicos que descobriram que a mulher estava morta há pelo menos duas semanas. Ela provavelmente caiu e bateu a cabeça, mas ninguém veio ajudá-la.

Mas o mais impressionante era que a mulher havia previsto sua morte solitária e deixado algo como ordens póstumas fragmentárias. Em uma folha de papel presa à parede, ela escreveu: “A razão da minha morte não é violenta – estou muito doente. Não tenho parentes, nem em Israel nem no exterior”. Na mesma folha, ela deixou os detalhes do advogado que deveria administrar sua propriedade, os detalhes do médico assistente e o rabino que organizaria o funeral.

Esta descoberta trágica aconteceu no dia de lembrança do Holocausto.

FONTE: Beit Sar Shalom