Israel debaixo de ataque

Provérbios 20:18 nos aconselha: “Com conselhos prudentes empreendem guerra.” Provérbios 24: 6 acrescenta: “Porque por sábia orientação farás guerra, e em abundância de conselheiros há vitória”.

Na manhã de segunda-feira, 11 de novembro, um veículo aéreo da Força Aérea de Israel mirou e eliminou um dos principais terroristas da Jihad Islâmica (GI) em Gaza. Este homem foi responsável por planejar e dirigir muitos dos ataques mortais de foguetes contra a população civil de Israel. Ele foi um alvo de alto valor por algum tempo, e a IAF estava esperando por informações acionáveis. O quarto protegido onde ele e a esposa estavam escondidos foi o único destruído naquele prédio de três andares.

A resposta da Jihad Islâmica foi declarar guerra aberta à população civil de Israel. Nos últimos três dias, mais de 250 foguetes foram disparados pela Jihad Islâmica. A maioria foi lançada no ar pelos mísseis anti-foguete de Israel, o Iron Dome. Alguns desembarcaram em campos abertos e alguns em áreas civis. Até agora não há fatalidades.

JI prometeu intensificar os ataques com foguetes. Até agora, eles estenderam seu alcance a Modi’in e Latrun, 30 quilômetros a oeste de Jerusalém. Eles podem muito bem continuar um jogo de perspicácia.

Dois possíveis desenvolvimentos: o Hamas (o grupo jihadista relacionado à Irmandade Muçulmana) pode sentir a necessidade de proteger suas credenciais jihadistas e entrar em conflito. Isso escalaria o conflito da maneira crucial. Outra possibilidade são as baixas israelenses significativas que exigem uma invasão terrestre de Gaza. Os próximos dias serão estrategicamente significativos aqui.

COMO ORAR?

  1. Ore por sabedoria e estratégias divinas para os líderes políticos, militares e de inteligência de Israel
         2. Ore por segurança para a população civil de Israel sendo alvo de foguetes jihadistas
         3. Ore por uma perda mínima de vidas por todos os lados
         4. Ore para que o Messias Yeshua seja revelado e aceito por muitos corações judeus famintos.
        

FONTE:  https://davidstent.org/

Uma estrela para não esquecer

Não sou amante de futebol e nem tenho o hábito de assistir jogos. Todavia algo me chamou a atenção nesta semana.

De acordo com o site do Globo esporte, “o time brasileiro do Corinthians vestiu uma camisa especial com uma estrela amarela de Davi para a partida desta quarta-feira contra o Fortaleza, por ocasião do aniversário da “noite de vidros quebrados”.

A “Noite dos Cristais” (Kristallnacht ou Reichspogromnacht), de 9 para 10 de novembro de 1938, em toda a Alemanha e Áustria, foi marcada pela destruição de símbolos judaicos. Sinagogas, casas comerciais e residências de judeus foram invadidas e seus pertences destruídos.

Foi instigado principalmente pelo partido nazista, que governava a Alemanha desde 1933. Deve seu nome aos fragmentos de vidros quebrados que cobriram as ruas alemãs após o pogrom; os cristais eram restos de sinagogas, casas e negócios judeus que foram saqueados e destruídos durante a violência. É considerado o começo da perseguição aberta contra judeus no Terceiro Reich.

A ação foi realizada em colaboração com a agência Tech and Soul e com o Memorial do Holocausto em São Paulo.