De acordo com a Bíblia, um arco-íris não é simplesmente um belo espetáculo, mas um símbolo da “aliança eterna” que Deus fez, prometendo nunca mais inundar a Terra (Gênesis 9:16). No hebraico original da Bíblia, a palavra para “arco-íris” é keshet (קשת). Essa palavra aparece com frequência na Bíblia, mas somente aqui se refere a um arco-íris. Em todas as outras passagens, a palavra keshet refere-se ao arco de um arqueiro, a principal arma de guerra nos tempos da antiga Israel, de modo que a associação imediata ao ouvir a palavra keshet era de violência.

Depois do dilúvio, Deus surpreendentemente exibe um enorme arco no céu. Mas esse arco não contém uma flecha e está virado para cima, afastado da terra. A mensagem é clara: Deus colocou de lado a sua arma de guerra e a substituiu por um símbolo da bondade amorosa. Apenas o hebraico revela a beleza secreta desta história. 

Alguns versos Bíblicos que mencionam o arco-iris:

“Toda vez que o arco-íris estiver nas nuvens, olharei para ele e me lembrarei da aliança eterna entre Deus e todos os seres vivos de todas as espécies que vivem na terra”. (Gênesis 9:16)

Tal como a aparência do arco-íris nas nuvens de um dia chuvoso, assim era o resplendor ao seu redor. Essa era a aparência da figura da glória do Senhor. Quando a vi, prostrei-me, rosto em terra, e ouvi a voz de alguém falando. (Ezequiel 1:28)

Aquele que estava assentado era de aspecto semelhante a jaspe e sardônio. Um arco-íris, parecendo uma esmeralda, circundava o trono… (Apocalipse 4:3)