70 anos depois, porque este ano é tão importante?

Por que esse septuagésimo (70º) ano é tão importante? Por que muitas pessoas sentem que há algo muito significativo sobre o número “70”? Nós certamente não podemos explicar todos os motivos! Mas nós ressaltamos que os números “7” e “70” aparecem em tempos muito significativos na Bíblia hebraica. Muitas vezes, o número “7” na Escritura parece significar “conclusão” ou “realização”. E 70? Está registrado no Livro de Gênesis (46:27) que o número de filhos da casa de Jacó (Israel) que desceu ao Egito nos dias de José era setenta. (Quatrocentos anos depois, eles partiram de lá sendo uma nação poderosa). Nos primeiros dias após o Êxodo, Deus encontrou “70 anciãos do povo” (Êxodo 24: 9).  Seria “70”  um número relacionado aos começos e liderança que se expandirá? No Livro de Daniel (Capítulo 9:24), há uma profecia misteriosa de “setenta semanas” para o povo hebreu e Jerusalém, que está relacionado com “acabar a transgressão, acabar com o pecado,  fazer expiação e trazer a justiça”.  Em 605 aC, Daniel estava entre os cativos do reino do sul de Judá quando foram exilados para a Babilônia. 70 anos depois,  foram libertados do cativeiro e foram autorizados a retornar a Jerusalém para reconstruir seu Templo. Poderia a conclusão desses primeiros 70 anos do Israel moderno significar um momento de libertação, de uma nova liberdade na área de culto, adoração?

O último parágrafo da Declaração de Independência de Israel, assinado há 70 anos (ou seja 1948) começa assim: “Colocando a nossa confiança na Rocha de Israel, afixamos nossas assinaturas nesta proclamação …” Este conceito de Israel confiar em Deus como sua Rocha é muito antigo. No Livro de Deuteronômio (Capítulo 32),  receberam uma canção em que mais de seis vezes Deus é referido como sua “Rocha” – fonte de força, unção, salvação e proteção. Em muitos dos Salmos (18: 2, 31, 47: 19:15), o rei Davi declara que o SENHOR é a sua Rocha, seu libertador e redentor. Quando Israel perambulou no deserto antes de entrar em Canaã, o SENHOR providenciou água para o Seu povo de uma rocha (Êxodo 17: 6; Números 20: 8). Nas Escrituras da Nova Aliança, Paulo, um professor judeu messiânico do primeiro século, revela que os Filhos de Israel realmente foram fortalecidos durante suas andanças no deserto por uma rocha espiritual que os seguiu – e essa pedra era seu Messias! (I Coríntios 10: 4).

Isso me traz uma coisa maravilhosa que ocorreu durante esses setenta anos de nossa nação. Muitos, muitos judeus em Israel estão despertando para a identidade de seu Messias. Hoje, existem dezenas de milhares de judeus messiânicos que vivem em Israel. (Um judeu messiânico é aquele que passou a acreditar que Yeshua – Jesus é o Messias e Salvador judeu).  Hoje, movendo-se na autoridade de seu Messias, os judeus estão crescendo em áreas de influência dentro da sociedade israelense: governo, área militar, educação, as artes. E nas escolas, crianças israelenses crentes estão aprendendo a orar um pelo outro e a compartilhar sua fé com seus colegas de escola.

Só mais uma coisa sobre “70”! Em hebraico, há um sistema de numeração composto por letras hebraicas. A letra que significa “70” é ayin. Além do número 70, ayin também é a palavra hebraica para “olho”. Ao avançarmos neste ano “ayin”, que os “olhos” de muitos israelenses sejam abertos para reconhecer e confiar em seu Messias, Yeshua-Jesus – a verdadeira Rocha de Israel, mencionada em sua Declaração de Independência setenta anos atrás!

(Fonte: M & N Sarvis)