“E disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU.  Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós.  E Deus disse mais a Moisés: Assim dirás aos filhos de Israel: O Senhor, o Deus de vossos pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó, me enviou a vós; este é meu nome eternamente, e este é meu memorial de geração em geração.”  (Ex.3:14,15)

Traduções inglesas que dizem “O SENHOR Deus …” podem ser enganosas. “Senhor” é um título de respeito, que significa “mestre”, não um nome. O ponto era que este Deus tinha um NOME, um pelo qual ele tinha sido conhecido dos pais de Israel 400 anos antes, mas não de uma maneira pessoal e íntima. Esse nome era YHVH (As letras Yod-Heh-Vav-Heh no hebraico). Era um nome pessoal dado ao seu povo. Isso se tornaria um dos seus bens mais preciosos, e inúmeros salmos falavam de sua beleza. Mas por causa do pecado de Israel, em algum momento após a presença da Glória de Deus se afastar do Templo em Jerusalém (Ezequiel 10: 1-11: 23), a pronúncia correta do nome amado também foi perdida. Hoje, normalmente não é tentado falar em Israel;   Adonai (um nome hebraico relacionado à palavra “senhor” ou “mestre”) é usado em seu lugar, ou as palavras  Ha Shem – “o Nome”.

Palavras como Yeho’vah (não há som de “J” em hebraico), ou Yahweh, às vezes utilizadas no Ocidente, é, na melhor das hipóteses, suposição educadas. Na maioria das Bíblias inglesas, “LORD” (somente maiúsculas) designa YHVH. “Senhor” (somente a letra de início maiúscula) designa Adonai / Master. Em Mateus 23:39, Yeshua aplicou o Salmo 118: 26 para si mesmo, dizendo a Jerusalém que não o viria novamente até que ela dissesse: “Bem-aventurado aquele que vem em nome de YHVH”. Contudo, aquele que voltará “nesse Nome” na verdade já o tem dentro dele! O nome Yeshua (Jesus) é uma forma contraída do nome YHVH e yoshiah – “salvar”. “E ela dará à luz um Filho, e porás o Seu nome Yeshua; porque Ele (YHVH) salvará o Seu povo dos seus pecados” (Mateus 1:21).

(FONTE: Sarvis)