Fome na Coréia do Norte

Há uma crise grave na Coréia do Norte sobre a qual o mundo não está ouvindo.

Quando um soldado norte-coreano foi visto num video em dezembro, dramaticamente fugindo pra salvar sua vida através da fronteira com a liberdade na Coréia do Sul, havia algo sobre sua fuga que chocou o mundo – sua condição médica.

Além de ser baleado cinco vezes por seus próprios compatriotas, que tentaram evitar sua fuga, ele foi encontrado com várias doenças que ameaçam a vida. Ele tinha hepatite B, tuberculose e enormes vermes parasitas. Seus órgãos foram severamente danificados e ele foi internado imediatamente em um centro médico na Coréia do Sul.

O soldado foi encontrado com milho cru no estômago. Os soldados que não recebem comida suficiente são ordenados por seus comandantes a roubar o milho das culturas dos agricultores locais para sobreviver. Os soldados vagueiam nos campos durante o “dever de guarda” e comem diretamente da espiga, em vez de cozinhar o milho. Este método ajuda a evitar que sejam pegos; o roubo de comida às vezes é punível com a morte.

Isso está apontando para uma grave falta de alimentos na Coréia do Norte.
No final de 2017, houve ainda outro soldado que fugiu pela fronteira em uma tentativa desesperada de escapar da fome. Um número recorde de pescadores também estão fugindo para o Japão de barco.

A Coreia do Norte está enfrentando uma grave escassez de alimentos devido às secas que eles experimentaram em 2017. Os desertores confirmam que os norte-coreanos estão morrendo de fome e estão sendo forçados a sofrer em silêncio.

Nós sabemos disso porque os membros militares da Coréia do Norte estão no topo da cadeia alimentar social. Se eles estão famintos, então sabemos que é muito pior para aqueles que são mais baixos na escala social.

Se os membros leais das unidades militares norte-coreanas mais confiáveis estão famintos, então é absolutamente certo que os níveis mais baixos do sistema social da Coréia do Norte estão numa situação muito pior.   

 

 

FONTE: Movimento “Back to Jerusalem”

Caso queiras mais informações sobre a Coreia do Norte, por favor visite o site abaixo:

http://www.projetoabraao.com.br

 

Cinco maneiras de dar esperança às pessoas

 

Cinco maneiras de dar esperança às pessoas

1) Faça promessas e cumpra-as!  Toda vez que você rompe uma promessa, você danifica a confiança das pessoas em você. É difícil fazer com que as pessoas confiem em você. Quando as pessoas não confiam em você, elas também não o seguirão. Todo o ministério de Jesus estava centrado em torno de uma promessa para o futuro.
2) Pregue a palavra de Deus.
3) Fale mais sobre recompensas do que punições.
4) Mostre exemplos que inspiram esperança.
5) Evite falar de exemplos que incentivam desencorajamento e depressão.

(Extraído do livro: The Art of Leadership by Dag Heward-Mills)

 

Sofrimento e Glória (1)

“Existe uma ligação necessária entre sofrimento e glória”.       (Elisabeth  Elliot)

Há poucos dias ouvi uma canção evangélica brasileira que dizia “você não nasceu pra sofrer”.  Pensei comigo, que engano!  Infelizmente temos hoje um número imenso de canções ditas cristãs que contém muito engano e fantasia em suas letras. É certo que ninguém anela uma vida de sofrimento, todavia não podemos fugir dele. O sofrimento faz parte da vida de cada um de nós, quer queiramos ou não!

Tenho aprendido muito sobre o tema lendo o livro de Elisabeth Elliot “A path through suffering”. Ela que ainda bem jovem teve seu esposo assassinado pela tribo auca, no Equador.  Quando junto com outros amigos missionários tentava estabelecer contato com os indios.

Elliot compartilha em seu livro que após a morte de seu esposo recebeu muitas cartas, muitas delas com citações de versos bíblicos. Mas a escritura que mais falou ao seu coração naquela ocasião foi 2 Coríntios 4 versos 17 e 18, que diz:

Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente,  não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas.”  (2 Co. 4:17,18 ARC)

O apóstolo Paulo compara o sofrimento com algo leve e passageiro, que resulta em algo glorioso e permanente, ou melhor, eterno!

O último ano não foi um ano fácil pra mim e meu esposo, bem como pra nossas famílias. Enfrentamos perdas em ambos os lados. Acompanhamos o sofrimento de uma sobrinha que num só dia perdeu o marido e os dois filhos pequenos. Sofremos ao ver o sofrimento dela e dos demais familiares. Já do meu lado sofremos com a perda de minha mãe depois de um período de luta com enfermidade.

Com esses acontecimentos comecei a refletir sobre algo que faz parte de nossas vidas. Sim, queiramos ou não o sofrimento faz parte de nossas vidas.

A cruz significa sofrimento. Não há como entenderemos o significado do sofrimento se não  chegarmos até a cruz de Cristo.

É de Elliot, quatro aspectos de como lidar com qualquer forma de sofrimento:

  1. Reconheça o sofrimento;
  2. Aceite-o;
  3. Ofereça a Deus como um sacrifício;
  4. Ofereça a si mesmo junto com o sofrimento.

Diário do Líbano – Visita ao Vale de Beca, período do Natal e final de ano

Vista da varanda da casa onde nos hospedamos

 

 

Em nossa segunda semana no Líbano fomos visitar irmãos no Vale de Beca. Foram três dias de boas experiências. No domingo (dia 17) participamos do culto dominical com os irmãos batistas de Khirbet Kanafar. Fomos recebidos de uma forma muito amorosa por eles e tivemos a oportunidade de ouvir um pouco de seus desafios, lutas e anseios. Eles sao muito hospitaleiros e quase nos sentimos constrangidos diante de tanta receptividade. Prometemos voltar a visitá-los, antes de nosso retorno pra Alemanha.

 

P1160560
Com nossas irmas libanesas do Beca…

Despedimos de nossos irmãos do Vale de Beca e retornamos pra Mansourieh, onde estamos hospedamos a maior parte do tempo. Lá passamos o período do natal. A parte mais especial da noite foi ouvir nosso irmao Joop recontar o nascimento de Cristo, lendo vários textos bíblicos.

Celebramos o natal com amigos antigos e novos, representando cinco nações!

 

 

 

 

 

 

 

wp_20171229_12_44_24_pro.jpg
Reunião de oração com esse grupo precioso, na ultima sexta-feira de 2017

 

Exodus 3:14,15

“E disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU.  Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós.  E Deus disse mais a Moisés: Assim dirás aos filhos de Israel: O Senhor, o Deus de vossos pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó, me enviou a vós; este é meu nome eternamente, e este é meu memorial de geração em geração.”  (Ex.3:14,15)

Traduções inglesas que dizem “O SENHOR Deus …” podem ser enganosas. “Senhor” é um título de respeito, que significa “mestre”, não um nome. O ponto era que este Deus tinha um NOME, um pelo qual ele tinha sido conhecido dos pais de Israel 400 anos antes, mas não de uma maneira pessoal e íntima. Esse nome era YHVH (As letras Yod-Heh-Vav-Heh no hebraico). Era um nome pessoal dado ao seu povo. Isso se tornaria um dos seus bens mais preciosos, e inúmeros salmos falavam de sua beleza. Mas por causa do pecado de Israel, em algum momento após a presença da Glória de Deus se afastar do Templo em Jerusalém (Ezequiel 10: 1-11: 23), a pronúncia correta do nome amado também foi perdida. Hoje, normalmente não é tentado falar em Israel;   Adonai (um nome hebraico relacionado à palavra “senhor” ou “mestre”) é usado em seu lugar, ou as palavras  Ha Shem – “o Nome”.

Palavras como Yeho’vah (não há som de “J” em hebraico), ou Yahweh, às vezes utilizadas no Ocidente, é, na melhor das hipóteses, suposição educadas. Na maioria das Bíblias inglesas, “LORD” (somente maiúsculas) designa YHVH. “Senhor” (somente a letra de início maiúscula) designa Adonai / Master. Em Mateus 23:39, Yeshua aplicou o Salmo 118: 26 para si mesmo, dizendo a Jerusalém que não o viria novamente até que ela dissesse: “Bem-aventurado aquele que vem em nome de YHVH”. Contudo, aquele que voltará “nesse Nome” na verdade já o tem dentro dele! O nome Yeshua (Jesus) é uma forma contraída do nome YHVH e yoshiah – “salvar”. “E ela dará à luz um Filho, e porás o Seu nome Yeshua; porque Ele (YHVH) salvará o Seu povo dos seus pecados” (Mateus 1:21).

(FONTE: Sarvis)

 

Versos bíblicos que falam de esperança

Os versos abaixo falam de esperança. No início de 2014  Deus me orientou a anotar e junto com meu esposo proclamar versos bíblicos que falassem de esperança. Fizemos isso por várias semanas e experimentamos um renovo em nossas mentes nos alimentando com essa vitamina espiritual chamada Esperança. Creio que os dias em que vivemos são dias difíceis e muitos podem perder a esperança.  Por isso, compartilho aqui com vocês mais uma vez alguns versos, que contém esta vitamina espiritual tão preciosa e necessária nestes dias. Proclame sobre sua vida essas porções diariamente e logo verás o resultado! Deus te abençoe!

Eu, porém, confiarei no Senhor; esperarei no Deus da minha salvação. O meu Deus me ouvirá. (Miquéias 7:7)

E terás confiança, porque haverá esperança; olharás ao redor de ti e repousarás seguro. (Jó 11,18)

Espera tu pelo Senhor; anima-te, e fortalece o teu coração; espera, pois, pelo Senhor. (Salmos 27:14)

Esforçai-vos, e fortaleça-se o vosso coração, vós todos os que esperais no Senhor.” (Salmos 31:24)

Agora, pois, Senhor, que espero eu? a minha esperança está em ti. (Salmo 39:7)

Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, a Ele que é o meu socorro, e o meu Deus. (Salmos 42:11)

Ó minha alma, espera silenciosa somente em Deus, porque dele vem a minha esperança. (Salmo 62:05)

Com tremendos feitos nos respondes em justiça, ó Deus, salvador nosso, esperança de todas os confins da terra, e dos mares longínquos; (Salmo 65:5)

Os que te temem me verão e se alegrarão, porque tenho esperado na tua palavra.” (Sl. 119:74)

Bendito o homem que confia no SENHOR e cuja esperança é o SENHOR. (Jr. 17:7)

     “… o mistério que esteve oculto desde todos os séculos e em todas as gerações e que, agora, foi manifesto aos seus santos; 27 aos quais Deus quis fazer conhecer quais são as riquezas da glória deste mistério entre os gentios, que é Cristo em vós, esperança da glória;”  (Col. 1:26,27)

“…mas nós, porque somos do dia, sejamos sóbrios, vestindo-nos da couraça da fé e do amor, e tendo por capacete a esperança da salvação;” (1 Tess. 5:8)

 “E o próprio nosso Senhor Jesus Cristo, e nosso Deus e Pai, que nos amou e em graça nos deu uma eterna consolação e boa esperança, 17 console o vosso coração e vos conforte em toda boa palavra e obra. (2 Ts. 2:16,17)

Sede vós também pacientes; fortalecei os vossos corações, porque a vinda do Senhor está próxima. (Tiago 5:8)

 


E pra concluir, deixo um dos meus textos preferidos, 3 versos que tenho proclamado muito nos últimos anos e que também renovam nossa esperança:

 Porquanto, ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja vacas,   todavia, eu me alegrarei no Senhor, exultarei no Deus da minha salvação.  Jeová, o Senhor, é minha força, e fará os meus pés como os das cervas, e me fará andar sobre as minhas alturas.                          (Habacuque 3:17-19 ARC)

P1050574