“as formigas, criaturas de pouca força,     Messor cephalotes
    contudo, armazenam sua comida no verão…” (Provérbios 31:25)  

“Observe a formiga, preguiçoso,
reflita nos caminhos dela e seja sábio!
Ela não tem nem chefe,
    nem supervisor, nem governante,
 e ainda assim armazena
    as suas provisões no verão
e na época da colheita
    ajunta o seu alimento.

Até quando você vai ficar deitado, preguiçoso?                                             Quando se levantará de seu sono?”  (Provérbios 6:6-9)

As formigas mencionadas na Bíblia são conhecidas pelo nome científico  “Messor”.

Entre os vários diferentes tipos  de formigas em Israel  “Messor” é o mais encontrado.  A Bíblia se refere a elas pois elas se preparam para o inverno, tornando assim modelo de provisão para tempos difíceis.  Até o século 19 cientistas afirmavam que a Bíblia errava nesse ponto.

Todavia, os cientistas J.T. Moggride e H. McCook descobriram em 1880 que não a Bíblia, mas a própria ciência havia cometido um erro. Estas formigas realmente armazenam alimentos no inverno,  ou seja, em câmaras especiais de secagem construídas por elas no chão.

Então, temos ou não temos algo a aprender com estas singelas mensageiras de Deus?

(Fonte: Roger Liebi – Bibel und Wissenschaft)