Publicado em Família

49 anos de casados – Minha gratidão a Deus pela união de meus pais!

Hoje eles completaram 49 anos de casados.  Quando penso no que eles já enfrentaram até aqui…tantas lutas com doenças e outros desafios, só posso dizer:

Obrigada Pai,  por conservá-los juntos e com vida até aqui, por ajudá-los a se manterem fiéis um ao outro e ao chamado que Tu entregaste nas suas mãos, o de serem pais de quatro filhos, incluindo eu…

P1070977
Fiz essa foto de meus pais, em nossa última visita ao Brasil (Junho-2014)

Iêmen: Quem irá anunciar o amor de Deus a essa nação tão carente?

IemenDepois do anúncio dos corpos encontrados do casal Yohannes & Sabine, o Iêmen experimenta mais um quadro triste. Um ataque suicida em duas regiões do país dizimou  a vida de mais de 45 pessoas. Vinte soldados mortos, 75 pessoas feridas, dentre elas muitas crianças. O Iêmen hoje tem sido considerado um dos países mais perigosos para se morar. Com a base internacional do grupo terrorista Al Qaeda localizado no sul do país, a população vive em meio a muita tensão. Os poucos obreiros que permanecem no país, sofrem fortes ameaças. Oremos por essa nação tão carente do amor salvador
de nosso Mestre. Vamos clamar ao nosso Pai pra que Ele envie mais obreiros pra esse campo tão vasto. 

Algumas infromações sobre o País:

  1. Moeda: Rial iemenita

sanaa-Iemen

Gênesis 1:1

Genesis 1.1

 No princípio, criou Deus os céus e a terra.” (Gênesis 1:1)

Os pensamentos abaixo foram compartilhados por um professor de física de uma universidade americana, conforme relato de nosso amigo David Friedman:

A forma como Deus projetou a terra e nossa atmosfera  é algo extremamente delicado e sofisticado. Se em nossa atmosfera faltasse carbono, hidrogênio, oxigênio ou nitrogênio, ou mesmo tivesse todos esses elementos em diferentes proporções –  a vida teria sido impossível.

  • Se a temperatura típica da terra tivesse alguns graus a mais, a vida teria sido destruída.

  • Se a temperatura típica da terra fosse alguns graus mais fria, a vida na terra seria impossível de se tolerar.

Deus nos concedeu o justo equilíbrio da temperatura.

Estes fatos demonstram um Criador, pois há uma intrincada
ordem.

  • A órbita da terra

— se fosse um pouco mais apertada, teria visto a
terra sendo queimada há muito tempo. Se fosse ligeiramente solta a terra teria se distanciado do sol, e teria congelado. Estes fatos demonstram um Criador, pois há uma intrincada ordem.

Deus criou o trajeto perfeito da órbita e velocidade rotatória para que a
terra existisse.

  • Lawrence Kelemen, um autor judeu-americano, escreveu: Quanto mais olhamos para o universo, mais precisão e ordem contemplamos; e toda essa ordem e precisão, todo esse design, gera uma pergunta: Quem desenhou tudo isso?

Dica: Parashat Bereshit nos informa quem foi (*).


(*) Parashat: Porção semanal da Torá (5 livros de Moisés), que é lida por milhões de judeus ao redor do mundo, desde os tempos antigos.

(**) Bereshit, ou seja,  “no princípio” é o nome em hebraico dado ao texto de Gênesis 1.1-6.8

Yohannes e Sabine: sua morte não foi em vão!

familie-hentschel_web

Mês passado uma família da Saxônia recebeu a triste notícia da morte de seus filhos Johannes e Sabine.
Eles foram sequestrados na capital do Iêmen no dia 12 de Junho de 2009. Mesmo já tendo completado 5 anos do sequestro, ainda havia uma esperança de que voltariam vivos pra casa.
 As filhas desse casal Lydia e Anna, foram libertadas em maio de 2010 e vivem com seus
parentes aqui na Alemanha. Por muitos meses, não houve notícias do casal Johannes
& Sabine e do pequeno Simon (bebê).
Lamentamos informar que, Johannes &
Sabine e o pequeno Simon foram encontrados mortos. Os corpos foram identificados pelo o Serviço de Inteligência do Ministério Alemão das Relações Exteriores.
Que Deus conforte o coração dessa família!!
E que a morte deles resulte na salvação de milhares de vidas no Iêmen e outras nações naquela região.
Publicado em Escrituras Sagradas, Torah

SIMCHAT TORAH!-“A alegria da Lei do Senhor!”

Simchat Torah

Simchat Torá é o dia feliz em que se conclui as leituras semanais ao longo do ano através dos cinco livros de Moisés. Ela começa em Israel, na noite anterior ao oitavo dia de Sucot, o último dia que, como o primeiro, deve ser observado como um dia de descanso, um “Shabat” (Levítico: 23: 34-36; 39). Fora de Israel Simchat Torá é celebrada no nono dia seguinte (que começa na noite do oitavo). Há grande alegria nas sinagogas e nas congregações messiânicas durante esta festa, com músicas, proclamações, e danças com os rolos da Torá, que foram retirados de suas “arcas”.

Para esta leitura final da Torah, são lidos os dois últimos capítulos de Deuteronômio. Em seguida, o rolo é revertido para o início do livro de Bereshit (Genesis) “No  Princípio” -e com a leitura do capítulo um e os três primeiros versículos do capítulo dois de Gênesis, o ciclo começa de novo! Por fim, o Haftarah fechando carrega a história depois da morte de Moisés até o primeiro capítulo do livro de Josué. Uma nova geração de israelitas está prestes a entrar na Terra e seu líder é cobrado pelo SENHOR:

“Somente seja forte e muito corajoso! Tenha o cuidado de obedecer a toda a lei que o meu servo Moisés lhe ordenou; não se desvie dela, nem para a direita nem para a esquerda, para que você seja bem-sucedido por onde quer que andar. Não deixe de falar as palavras deste Livro da Lei e de meditar nelas de dia e de noite, para que você cumpra fielmente tudo o que nele está escrito. Só então os seus caminhos prosperarão e você será bem-sucedido. Não fui eu que lhe ordenei? Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar”. (Josué 1:7-9)

A palavra “Torá” significa uma “direção” ou “ensino” (Concordância de Young). Muitas direções divinas e ensinamentos foram liberados pelos hebreus como os “oráculos de Deus” (Romanos 3: 2), e seu amor e atenção a eles é refletida nos Salmos: “Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios mas tem o seu prazer na Torá de YHWH-o Senhor “(Salmo 1, 1-2); “A Torá de YHWH é perfeita, e refrigera a alma” (Salmo 13: 7); . “A boca do justo fala a sabedoria, e seus língua fala de justiça da Torá do seu Deus está em seu coração; os seus passos não vacilarão” (Salmo 37: 30-31). Só no Salmo 119, a Torá do Senhor é mencionada pelo menos 25 vezes!

(Com informações de Martin and Norma Sarvis /Jerusalem)

Publicado em Escrituras Sagradas, Israel, Torah

SUKKOT: Tempo de lembrar e celebrar (2)

A festa de Sucot/Tabernáculos é, antes de tudo, uma lembrança da maneira como Deus cuidou dos filhos de Israel, quando eles peregrinaram do Egito para a Terra Prometida. Embora eles não tivessem casas permanentes,  foram guardados e protegidos por Deus. Sucot é também um lembrete de que Deus  desceu para habitar entre o seu povo, sendo que a glória Shekinah,  era um símbolo visível da sua presença, que enchia o tabernáculo durante a jornada.

Sucot é a sétima e última das festas das quais Deus ordenou a Moisés,  instituir para os Filhos de Israel observar.

Ainda hoje, eles  constroem esses pequenos abrigos (Sucot) para uso durante o festival. Além da bênção com o lulav, também recolhem folhas, galhos frutíferos de folhagens e frutas perfumadas brilhantes para decorar a sucá. Isto traz à mente como quando Israel  se deslocava no deserto de um lugar para outro nessas habitações temporárias, e a presença de Deus sendo com eles,  portanto, uma fonte de vida e beleza.

A armação e decoração da sucá é uma ocasião especial  para as famílias.

Sucot é tempo de alegria e ação de graças ao Senhor por Sua provisão e sustento, somos lembrados que de fato ainda estamos em habitações temporárias-que, como diz uma velha canção americana, “este mundo não é meu lar, estou apenas de passagem por aqui…”

E pra concluir, nada melhor do que lembrar as eternas palavras do apóstolo Paulo:

“Sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos da parte de Deus um edifício, casa não feita por mãos, eterna, nos céus.”  (2 Co. 5:1)

Succah

SUKKOT: Tempo de lembrar e celebrar (1)

unnamed

Começou ontem (dia 09) a celebração dos Tabernáculos. A palavra em hebraico é Sukkot.  Sukkot é plural de sukkáh (ou succáh), que na maioria das vezes nas Escrituras refere-se a um pequeno, rude e temporário abrigo.

Planejo preparar mais dois posts nos próximos dias sobre esse tema. Por enquanto deixo aqui os textos bíblicos onde Deus ordena que os filhos de Israel celebrem a Festa dos tabernáculos.


“Porém, aos quinze dias do mês sétimo, quando tiverdes recolhido a novidade da terra, celebrareis a festa do Senhor, por sete dias; ao dia primeiro, haverá descanso, e, ao dia oitavo, haverá descanso.  E, ao primeiro dia, tomareis para vós ramos de formosas árvores, ramos de palmas, ramos de árvores espessas e salgueiros de ribeiras; e vos alegrareis perante o Senhor, vosso Deus, por sete dias.  E celebrareis esta festa ao Senhor, por sete dias cada ano; estatuto perpétuo é pelas vossas gerações; no mês sétimo, a celebrareis.  Sete dias habitareis debaixo de tendas; todos os naturais em Israel habitarão em tendas;  para que saibam as vossas gerações que eu fiz habitar os filhos de Israel em tendas, quando os tirei da terra do Egito. Eu sou o Senhor, vosso Deus.”                   (Levítico 23: 39-43)

“Descobriram na Lei que o Senhor tinha ordenado, por meio de Moisés, que os israelitas deveriam morar em tendas durante a festa do sétimo mês. Por isso anunciaram em todas as suas cidades e em Jerusalém: “Saiam às montanhas e tragam ramos de oliveiras cultivadas, de oliveiras silvestres, de murtas, de tamareiras e de árvores frondosas, para fazerem tendas, conforme está escrito”.

Então o povo saiu e trouxe os ramos, e eles mesmos construíram tendas nos seus terraços, nos seus pátios, nos pátios do templo de Deus e na praça junto à porta das Águas e na que fica junto à porta de Efraim.  Todos os que tinham voltado do exílio construíram tendas e moraram nelas. Desde os dias de Josué, filho de Num, até aquele dia, os israelitas não tinham celebrado a festa dessa maneira. E grande foi a alegria deles.” (Neemias 8:14-17)

Igreja na CHINA: 12 Milhões de Bíblias são necessárias pra atender a necessidade atual

DSC01740Existe hoje na China uma necessidade imediata de 12 milhões de Bíblias, só pra acompanhar o crescimento da igreja na nação. Esse número não leva em conta aqueles que já são discípulos, e até mesmo evangelistas e missionários que não possuem sua própria Bíblia.

Em abril de 2011 um pastor de uma igreja caseira na China estava visitando os Estados Unidos.  Numa pequena cidade do estado de Indiana, ao visitar uma livraria cristã ele ficou totalmente surpreso ao ver o número de Bíblias disponíveis nas prateleiras. O interessante é que uma boa parte daquelas bíblias haviam sido impressas na China. Como é possível uma livraria numa cidade pequena como essa ter um suprimento de Bíblias tão grande, enquanto que ele e sua congregação estavam sendo impedidos de ter uma destas bíblias?

A realidade é que a igreja na China tem crescido de uma forma surpreendente e não há bíblias suficientes sendo impressas pra acompanhar esse crescimento. Ainda hoje o governo comunista controla o número de bíblias que são distribuídas no país. Alguns só conseguem ter sua própria bíblia depois de alguns anos de conversão a Jesus. E até mesmo em escolas bíblicas é possível encontrar alunos que não possuem uma bíblia.

Vamos orar pra que a Palavra de Deus seja totalmente disponível pra nossos irmãos chineses. Eles também precisam de alimento espiritual!!

Fonte: http://www.backtojerusalem.com