Meditações sobre Deus (2)

Flores do campo

Durante a controvérsia Ariana, 318 pais da Igreja (muitos deles mutilados e com cicatrizes resultantes da violência física que sofreram durante perseguições anteriores) se reuniram em Nicéia e adotaram um declaração de fé, onde se pode ler em uma das seções:

Creio em um Senhor Jesus Cristo,

Filho Unigênito de Deus,

Gerado por Ele antes de todos os tempos,

Deus de Deus, Luz das Luzes,

Vero Deus, do Vero Deus,

Gerado, não criado,

Sendo uma só substância com o Pai,

Pelo qual todas as coisas foram criadas.

Durante mais de dezesseis séculos este tem permanecido como o teste final da ortodoxia, como deveria ser, pois condensa, em linguagem teológica, o ensino neotestamentário concernente à posição do Filho na divindade.

O Credo niceno também presta tributo  ao Espírito Santo como sendo Ele mesmo Deus, e igual ao Pai e ao Filho:

“Creio no Espírito Santo,

Senhor e doador da vida,

Que procede do Pai e do Filho,

Que juntamente com o Pai e o Filho

É adorado e glorificado.”

A natureza do Deus Bíblico é essencialmente relacional.

O cristianismo é a única religião monoteísta que crê num único e indivisível Deus que se manifesta como uma Trindade de pessoas. O Deus cristão e bíblico não existe solitariamente, Ele é sempre a comunhão das três divinas pessoas. O nosso chamado e vocação é participar desta amizade eterna.  Na oração sacerdotal Jesus expressa essa verdade: “E a vida eterna é esta: que te conheçam a ti, o único Deus verdadeiro e a Jesus Cristo, a quem enviaste” (João 17:3).

 

Leituras recomendadas:

1) Mais perto de Deus- A.W.Tozer, no capítulo “A Santíssima Trindade”.

2) O Caminho do Coração: Ricardo Barbosa de Sousa.

Meditações sobre Deus (1)

O Leão da Tribo de Judá

Pensar ou mesmo escrever sobre Deus é algo que me fascina e creio que deveria deixar cada ser humano neste planeta extasiado. Por isso estou começando uma série de reflexões sobre a pessoa maravilhosa de Deus.

Compartilho, neste primeiro post, algumas pérolas de Tozer, pastor americano que durante sua vida, não só pregou mas viveu uma vida de intensa busca pelo conhecimento e intimidade com Deus.

A trindade, é o tema desta meditação:

O DEUS TRIÚNO

Meditar sobre as três pessoas da Divindade é andar em pensamento pelo Jardim do Éden, é pisar em terra santa. Nosso mais ardente esforço para penetrar o mistério incomparável da Trindade deve permanecer para sempre inútil, e somente através da mais profunda reverência poderemos evitar cair na presunção arrogante.

A doutrina da Trindade é verdade para o coração. Somente o espírito do homem do homem pode entrar pelo véu e penetrar o Santo dos Santos. (…) Cristo não hesitou em usar a forma plural ao falar de Si mesmo junto do Pai e do Espírito: “E viremos para ele e faremos nele morada” (João 14:23). Disse ainda: “Eu e o Pai somos um”. É importantíssimo que pensemos em Deus como Trindade na Unidade, sem confundir as Pessoas nem dividir a Substância. Só assim pensaremos corretamente a respeito de Deus, de maneira digna dEle e de nossas próprias almas.


Amanhã tem mais…com a ajuda de Deus!

 

 

 

 

 

Cartas de Israel (1)

“Porque, se a rejeição deles significa a reconciliação do mundo, o que será a sua aceitação, senão vida dentre os mortos?” (Romanos 11:15 KJA)

Estrondos em Nínive

Na semana passada vimos o colapso das estratégias principais dos Estados Unidos no Oriente Médio. A viagem de avião fatal do aiatolá Khomeini de Paris a Teerã, em 1979, gerou um terremoto espiritual na região. Os acontecimentos atuais no Iraque são um grande choque similar.

O Estado Islâmico no Iraque e na Síria (ISIS — um grupo espiritualmente ligado à Al-Qaeda) tomaram a segunda maior cidade do Iraque, Mossul, bem como Tiqrit, cidade ancestral de Saddam Hussein. Eles colocaram para correr mais de meio milhão de refugiados, em sua maioria muçulmanos que fugiram diante das bandeiras negras de jihad. Os comboios de Humvees americanos capturados deixam rastros sangrentos de adversários decapitados. Nínive, outrora a orgulhosa capital da antiga Assíria, viu cristãos que fugiam para salvar suas vidas e a lei sharia sendo imposta com muita selvageria.

O ISIS agora controla vastas áreas de território, tanto na Síria quanto no Iraque. Seu objetivo é estabelecer um califado jihadista em ambos os países e, em seguida, espalhar a influência da Al-Qaeda ainda mais em todo o Oriente Médio.

A invasão americana do Iraque e do Afeganistão teve diferentes objetivos originalmente — o estabelecimento de um cordão de três dobras — democracia ocidental, uma economia sólida e uma potência militar pró-Ocidente. Nesta semana, todos esses três pilares foram quebrados.

Ao invés do Iraque recorrer aos americanos em busca de apoio militar, eles convidaram o maior general-de-divisão xiita do Irã, Qassem Suleimani, chefe da divisão Força “Quds” da Guarda Revolucionária do Irã. Ele pousou em Bagdá nesta semana.  Seu trabalho — ajudar a supervisionar a defesa do governo xiita do Iraque contra as forças da jihad sunita do ISIS.

O Iraque está estremecendo na sangrenta agonia de uma guerra civil e religiosa, uma guerra que coloca jihadistas (xiitas do Irã) contra jihadistas (sunitas da Al-Qaeda). Sonhos ocidentais de paz, prosperidade e colheita econômica desapareceram como um vento quente do deserto. A derrota militar de 2003 de Saddam Hussein fatalmente levou a esta caixa de Pandora num Oriente Médio que está se contorcendo — uma situação que ameaça engolir toda a região em chamas.

Dormindo ao Volante

No entanto, na quarta-feira desta mesma semana, poucas horas antes desta notícia, o presidente dos EUA Obama falou com David Karp, diretor-executivo do Tumblr em uma entrevista na Casa Branca:

“E se há uma mensagem que quero transmitir aos jovens, como é o público como o Tumblr, é: não se tornem cínicos. Guardem-se contra o cinismo. O que quero dizer é que a verdade da questão é que, para todos os desafios que enfrentamos, todos os problemas que temos, se você tivesse de ser — se você tivesse de escolher qualquer momento para nascer na história humana, sem saber em que posição você estaria, quem você seria, você escolheria este momento. O mundo está menos violento do que nunca. Está mais saudável do que nunca. É mais tolerante do que jamais foi. Está melhor alimentado do que nunca. Está mais educado do que jamais esteve”.

Alguém pode se lembrar da observação tranquila de William Ralph Inge, ex-reitor da Catedral de St. Paul, em Londres: “É inútil que as ovelhas aprovem resoluções em favor do vegetarianismo, enquanto o lobo mantém-se numa opinião diferente.”

As Escrituras estão cheias de referências sobre estar dormindo em serviço. Jonas estava dormindo durante a tempestade (Jonas 1:5), enquanto que os pastores da Assíria (aos quais Jonas fora enviado) também estavam tomados de sono. (Naum 3:18).

Os líderes de Israel foram às vezes pego roncando no meio da crise: “Porquanto Yahweh derramou sobre vós um espírito de torpor, fechou-vos os olhos a vós que sois os profetas; cobriu-vos a cabeça, vós que sois videntes.” (Isaías 29:10 KJA) “As sentinelas de Israel estão cegas e não tem conhecimento, todas elas são como cães mudos, incapazes de latir. Deitam-se e sonham; só querem dormir.” (Isaías 56:10 KJA)

Naum e Nínive

Embora Assíria tenha sido a maior superpotência do mundo, uma perspectiva de acordo com o olhar de Deus mostra que essa poderosa nação estava sendo pesada na balança e achada em falta. O profeta Naum pronunciou juízo sobre Nínive e Assíria por ignorar Israel, e por enfraquecer e prejudicar o seu povo judeu escolhido. No ministério de política externa de Deus, fazer pouco caso dos judeus é totalmente proibido.

Naum descreveu a capital de Nínive como arrogante e prepotente, e declarou que até mesmo a sua destreza militar não protegeria a Assíria quando a Assíria violasse os caminhos proféticos de Deus. O juízo de YHWH, o Dia do Senhor, estava a caminho.

Hoje, as nações do mundo ainda “zombam das palavras de Deus, desprezam Suas palavras e zombam da mensagem profética” (Jeremias 28:8). Isto é especialmente verdade com relação ao ensino bíblico sobre a eleição do povo judeu, a sua restauração à sua Terra Prometida, e sua salvação. Deus nos informa que sua palavra profética ainda tem relevância suprema. As palavras de Deus não têm como alvo apenas aqueles que se reúnem dentro de “edifícios sagrados.” O alvo também é os corações de líderes políticos e religiosos do mundo.

As perspectivas proféticas de Deus sobre os acontecimentos mundiais estão aqui por um longo tempo — “desde a antiguidade… (palavras proféticas foram direcionados) contra muitas nações e contra grandes reinos, acerca de guerra, desgraça, fome e peste.” (Jeremias 28:8 KJA)

A Bíblia tem grande relevância para nós nestes dias desafiadores. Ela nos oferece clareza, perspectiva e estratégia — para indivíduos e governos. É muito importante despertarmos e tomarmos posse do que a palavra de Deus está dizendo sobre os acontecimentos atuais e sobre os acontecimentos que estão prestes a ocorrer.

Quando você irá acordar?

Bob Dylan disse uma vez: “Quando você vai acordar e fortalecer as coisas que restam?” Essas palavras nos fazem lembrar duas passagens das Escrituras:

“Sê alerta! E fortalece o que ainda resta e estava prestes a morrer; porque não tenho encontrado integridade em tuas obras diante do meu Deus.” (Apocalipse 3:2 KJA)

“Mas todas essas atitudes, sendo condenadas, manifestam-se pela luz, pois absolutamente tudo se torna visível diante da luz. Por isso é que foi dito: ‘Desperta, ó tu que dormes, levanta-te dentre os mortos e Cristo resplandecerá sobre a tua pessoa’. Caminhando em sabedoria Portanto, estai atentos para que o vosso procedimento não seja semelhante aos insensatos, mas andai em sabedoria, aproveitando bem cada oportunidade, porque os dias são maus. Portanto, não sejais faltos de juízo, mas buscai compreender qual é à vontade do Senhor.” (Efésios 5:13-17 KJA)

Yeshua disse aos seus discípulos: “Por que estais dormindo? Levantai-vos e orai! Para que não venhais a cair em tentação.” (Lucas 22:46 KJA)

À medida que o inimigo se enfurece no Iraque, na Síria e no Irã, e à medida que o terrorismo levanta sua cabeça feia de novo em Israel,

  • Precisamos combater o sono espiritual (Marcos 13:36)

  • Precisamos estar em alerta (1 Tessalonicenses 5:6)

  • Precisamos nos dedicar à oração (Colossenses 4:2), com ação de graças em nossos corações.

“Ó Jerusalém, coloquei sentinelas sobre os teus muros, que jamais deixarão de estar atentos, dia e noite, sem descansar. Para vós, vigias, que clamais incessantemente a Yahweh, não há trégua!” (Isaías 62:6 KJA)

Suas orações e apoio segurarão nossos braços e são a capacitação de Deus para nós na obra que Ele nos chamou para fazer!

No Messias Yeshua,

Avner B.                                   Sul de Israel, 14 de Junho de 2014.

 

 

Sete grupos não-alcançados (nenhum cristão, nenhum missionário e nenhuma escritura)

cr_mega_214_kids

Você sabia que ainda há povos muçulmanos que, até onde sabemos, não têm seguidores de Cristo entre eles, nem  mesmo um livro da Bíblia e ninguém para  levar o Evangelho para eles?

 Como a Bíblia diz que “todo povo, tribo, língua e nação” adorarão diante do trono, é importante que continuemos a orar pelos não alcançados (Apocalipse 7:9-10).

Aqui temos uma lista de sete desses grupos para orarmos:

Os Tregami (Afeganistão)

 Vivem nas montanhas ao noroeste da província de Nuristan. A comunicação é difícil, as estradas quase inutilizáveis e eles não confiam em estranhos.

Os Kumbewaha (Indonésia)

Um grupo isolado, pouco conhecido da costa do Sulawesi do Sul. É um grupo difícil para os cristãos alcançarem.

Os Khalaj (Irã)

Vivendo no centro do Irã sem acesso a impressos evangelísticos, áudio ou recursos humanos.

Os Waneci (Paquistão)

O temor constante de guerra os levou a odiar e temer estrangeiros, dificultando o alcance..

Os Karata (Rússia)

Suas lealdades são ao clã e à família e vivem numa região deterritório acidentado no Dagestão.

Os Dabarre (Somália)

Em sua maioria são fazendeiros. Muitos falam árabe como segundo idioma ou idioma comercial. A família é regida pelo homem. A vila é regida por um conselho de anciãos vindos de cada família. As decisões e os negócios com outras vilas são conduzidas pelo conselho..

Os Midob (Sudão do Sul)

— arabizados e nômades, viajando de local a local em busca de bons pastos para seu gado.

 O Trabalho

Pesquisas indicam que uma grande porcentagem da população do mundo muçulmano são comunicadores orais – ou seja, eles não podem, não aprendem ou não estão dispostos a aprender através de métodos letrados.

ALGUMAS NECESSIDADES DE ORAÇÃO:

 * por um agir de Deus, para que os sete grupos acima possam ter em breve, seguidores de Cristo.

  • Uma Bíblia – no mínimo na forma oral;

  • e pessoas para levar o evangelho para eles.

Oremos com nossos olhos voltados para Deus e não nas aparentes dificuldades da tarefa que está à nossa frente.

“E como ouvirão se não há quem pregue?”  (Romanos 10:14)

(Extraído do 30 Dias de Oração Pelo Mundo Muçulmano 2014)

Pregador de Ônibus

P1070975Durante nossa visita recente ao Brasil tivemos a oportunidade de encontrar alguns dos jovens que todos os dias pregam nos ônibus que atravessam  a cidade de Goiânia (eixo-anhanguera). Aproveitei numa das viagens que fizemos pra fazer essa foto do Martin com um destes pregadores.

Esses rapazes são ex-viciados em drogas que tiveram um encontro com Jesus numa das várias casas de recuperação para drogados que existem em Goiania e arredores.

Normalmente compartilham um breve testemunho, e distribuem um material pra arrecadar dinheiro que será usado na recuperação de outros jovens.

Mas num domingo foi bem diferente…estávamos voltando de um estudo bíblico, quando um rapaz mal vestido e um pouco sujo entrou no ônibus. Ele começou a dizer de uma forma comovente (logo descobrimos que era uma encenação), que o que ele queria pedir não era dinheiro ou outra coisa, mas apenas um abraço…logo apareceram voluntários pra abraçá-lo e ele então compartilhou uma pequena mensagem sobre Jesus e o amor dEle por nós.

 

Como Desenvolver uma Vida de Oração Eficaz (última parte)

P1070438

“Alguém pode estudar porque seu cerébro está faminto por conhecimento, até mesmo conhecimento bíblico. Mas ele ora porque sua alma está com fome de Deus.”

Pedi emprestado algumas preciosas palavras do Leonard Ravenhill, pra fechar com chave de ouro essa série, que foi um pequena tentativa de despertar em voce o desejo de orar, já que vivemos dias em que orar é tão importante quanto respirar.

Segue então, um trecho do livro “Por que tarda o pleno Avivamento?”

“O Segredo da oração é a oração no lugar secreto. É bom ler livros sobre oração, mas isto só não basta. Assim como um livro de culinária é altamente útil, mas torna-se inútil se não tivermos os ingredientes pra preparar os alimento, assim também acontece com a oração. Alguém pode ler toda uma biblioteca sobre oração e não adquirir nem uma gota de poder. Temos que aprender a orar, mas para aprender é preciso orar. Se uma pessoa estiver sentada numa cadeira lendo o melhor livro que existe sobre saúde, mas permanecer ali sentada, pode morrer. Assim também é possível um crente ler tudo sobre oração, maravilhar-se com a perseverança de Moisés ou com o lamento de Jeremias, e mesmo assim não aprender nem o abecê da intercessão. Assim como a bala que fica na arma não chega ao seu alvo, assim também a oração que fica contida no coração sem ser elevada a Deus não obtém as bênçãos.

E pra concluir, deixo alguns versos do Salmo 66, que é um testemunho de Davi sobre sua vida de oração:

“Vinde, e ouvi, todos os que temeis a Deus, e eu contarei o que ele tem feito por mim.

 A ele clamei com a minha boca, e ele foi exaltado pela minha língua.

 Se eu tivesse guardado iniqüidade no meu coração, o Senhor não me teria ouvido;

 Entretanto, Deus me tem ouvido e me tem atendido a voz da oração.

 Bendito seja Deus, que não rejeitou a minha oração, nem retirou de mim a sua benignidade”.


Abraços!! :-))