Que estamos envolvidos numa guerra espiritual não é segredo pra ninguém; a questão é saber se estamos devidamente preparados pra essa batalha.  É na palavra de Deus que encontramos as armas que precisamos pra enfrentarmos a luta. Junto com as armas encontramos escudos, que são muito importantes pois nos dão proteção.

Nós colocamos os escudos quando proclamamos com nossos lábios essas verdades.

Compartilho abaixo alguns escudos que fazem parte deste poderoso arsenal de Deus:Armor

Salmo 5.12
Pois tu, Senhor, abençoas o justo; tu o circundas do teu favor como de um escudo.

Salmo 16.8
Tenho posto o Senhor continuamente diante de mim; porquanto ele está à minha mão direita, não serei abalado.

Salmo 17.8
Guarda-me como a menina do olho; esconde-me, à sombra das tuas asas,

Salmo 18.2
O Senhor é a minha rocha, a minha fortaleza e o meu libertador; o meu Deus, o meu rochedo, em quem me refúgio; o meu escudo, a força da minha salvação, e o meu alto refúgio.

Salmo 18.30
Quanto a Deus, o seu caminho é perfeito; a promessa do Senhor é provada; ele é um escudo para todos os que nele confiam.

Salmo 18.35
Também me deste o escudo da tua salvação; a tua mão direita me sustém, e a tua clemência me engrandece.

Salmo 28.7
O Senhor é a minha força e o meu escudo; nele confiou o meu coração, e fui socorrido; pelo que o meu coração salta de prazer, e com o meu cântico o louvarei.

Salmo 35.1-3
Contende, Senhor, com aqueles que contendem comigo; combate contra os que me combatem.
Pega do escudo e do pavês, e levanta-te em meu socorro.
Tira da lança e do dardo contra os que me perseguem. Dize ã minha alma: Eu sou a tua salvação.

Salmo 61.3-4
Pois tu és o meu refúgio, uma torre forte contra o inimigo.
Deixa-me habitar no teu tabernáculo para sempre; dá que me abrigue no esconderijo das tuas asas.

Salmo 64.2
Esconde-me do secreto conselho dos maus, e do ajuntamento dos que praticam a iniqui
dade.

Salmos 91     João Ferreira de Almeida Atualizada (AA)

“Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, ã sombra do Todo-Poderoso descansará.

2 Direi do Senhor: Ele é o meu refúgio e a minha fortaleza, o meu Deus, em quem confio.

3 Porque ele te livra do laço do passarinho, e da peste perniciosa.

4 Ele te cobre com as suas penas, e debaixo das suas asas encontras refúgio; a sua verdade é escudo e broquel.

5 Não temerás os terrores da noite, nem a seta que voe de dia,

6 nem peste que anda na escuridão, nem mortandade que assole ao meio-dia.

7 Mil poderão cair ao teu lado, e dez mil ã tua direita; mas tu não serás atingido.

8 Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios.

9 Porquanto fizeste do Senhor o teu refúgio, e do Altíssimo a tua habitação,

10 nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará ã tua tenda.

11 Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.

12 Eles te susterão nas suas mãos, para que não tropeces em alguma pedra.

13 Pisarás o leão e a áspide; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente.

14 Pois que tanto me amou, eu o livrarei; pô-lo-ei num alto retiro, porque ele conhece o meu nome.

15 Quando ele me invocar, eu lhe responderei; estarei com ele na angústia, livrá-lo-ei, e o honrarei.

16 Com longura de dias fartá-lo-ei, e lhe mostrarei a minha salvação.”

Shields